Tese de Marcos de Góis, defendida no PPGG/UFRJ, ganha Menção Honrosa do Prêmio IPP-Rio Maurício de Almeida Abreu

DoutoradoPesquisaPós-GraduaçãoComentários desativados em Tese de Marcos de Góis, defendida no PPGG/UFRJ, ganha Menção Honrosa do Prêmio IPP-Rio Maurício de Almeida Abreu

Em 24/11/2017, a Comissão Julgadora do 2° Concurso Público Prêmio IPP-Rio Mauricio de Almeida Abreu para Teses e Dissertações sobre o Rio de Janeiro, concedeu Menção Honrosa na categoria Tese de Doutorado para a Tese de MARCOS PAULO FERREIRA DE GÓIS, intitulada: “PAISAGENS NOTURNAS CARIOCAS. FORMAS E PRÁTICAS DA NOITE NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO”, defendida no Programa de Pós Graduação em Geografia da UFRJ em 2015, sob a orientação do Prof. Dr. Paulo Cesar da Costa Gomes.

Segue o comentário da Comissão Julgadora sobre tese, publicado no diário oficial do município do Rio de Janeiro em 28/11/2017:

Trata-se de original análise das práticas sociais que têm curso na noite carioca, pois, ao contrário das abordagens mais usuais, que destacam exclusivamente o papel do consumo na configuração da paisagem noturna, a tese enfatiza a sociabilidade, os modos de encontro e interação, as disputas e negociações pelo uso dos espaços existentes. Sua principal contribuição teórica consiste na reconstrução analítica do conceito de paisagem, mobilizando vasta literatura nacional e internacional, com diferentes acentos disciplinares.

A metodologia utilizada nessa investigação está bem explicitada e se mostra eficaz para a consecução dos objetivos traçados pelo/a autor/a, ainda que algumas afirmações merecessem maior aprofundamento, como no caso da comparação entre a Copacabana dos anos de 1950 e a Barra da Tijuca nesse início do século 21. De qualquer forma o trabalho se desenvolve de modo bastante adequado e com algumas passagens realmente notáveis.

Em suma, o objeto é relevante, seja em vista da economia urbana, seja em vista da valorização das formas de lazer e de sociabilidade, descortinando uma nova fronteira para as políticas de planejamento urbano e de regulação social dos usos da cidade. Nesse sentido, é uma efetiva contribuição à reflexão sobre o Rio de Janeiro e às políticas que venham a se debruçar sobre ela.

Veja a tese completa aqui

Departamento de Geografia - UFRJ © 2017 | Implementado por Matheus Graciano e Rafael Bucker