II Workshop Espaço e Sociabilidade Urbana: olhares interdisciplinares

11 de dezembro até 11 de dezembro 9:00 AM - 5:00 PM

 

o grupo Território e Cidadania tem o prazer de convidar a rede “Sociabilidades Cariocas” para uma jornada de discussões sobre o fenômeno da sociabilidade urbana a ser realizada no dia 11/12/2017, na sala I -019, CCMN, Fundão.

O grupo Território e Cidadania tem como interesse fundamental a pesquisa de temas relacionados à espacialidade da política, especialmente aquela derivada de um pacto democrático que funda o fenômeno da cidadania. A chave dessa espacialidade são os espaços públicos. Compreendemos que os ritos da sociabilidade vivida sobre esses espaços são um exercício e uma celebração da vida social pública, e que sua observação pode nos oferecer elementos decisivos para reconhecer os graus de convivência democrática em diferentes ambientes e espaços da cidade.

O que é sociabilidade?

Entendemos por sociabilidade uma forma de interação social bastante particular, um quadro de ações que buscam o contato, o encontro, a interação social, estabelecida ao acaso das circunstâncias com desconhecidos ou pelo menos inicialmente com pessoas com certo grau de distância e anonimato. A interação se constrói sob as mais variadas formas, por meio de estratégias visuais, corporais, comportamentais, sonoras, gestuais etc.

Amparados nas ideias de Simmel, a sociabilidade pública é concebida como um fenômeno que se configura a partir dos espaços públicos e que tem autonomia em relação às outras atividades que geram contato social, mas visam fins pragmáticos diversos. Espaços públicos possuem propriedades específicas que os fazem receber pessoas variadas e os fazem funcionar com a garantia de uma possível mistura e heterogeneidade social. Nosso interesse se dirige essencialmente às formas espaciais que constituem o fundamento da interação social nos espaços públicos.

Acreditamos que o fenômeno da sociabilidade urbana é apreendido a partir de diferentes abordagens e que uma discussão sobre essas visões distintas pode promover uma ampliação das interpretações do fenômeno e dos métodos utilizados nas respectivas pesquisas.

 

Clique aqui para ver o cartaz do evento

Departamento de Geografia - UFRJ © 2017 | Implementado por Matheus Graciano e Rafael Bucker